quarta-feira, 30 de julho de 2014

Cidades do interior ideais para pobretões morarem: Ijuí - Rio Grande do Sul

1903538_1458229041057653_186468630_n

Picture by my friend Bob Sacamano

Estamos de volta com o post mensal de cidadezinhas e a loucura nunca para pois o sonho do milhão reluz com nosso blog bastião de resistência contra o consumismo, Apple, feminismo e a corrida opressora dos ratos. E o sonho de encontrar um recanto tranquilo para o pobretão vencedor segue firme e forte onde buscamos lugares interessantes para vivermos com nossas musas inspiradoras tomando cachaça de maracujá e observando o movimento das árvores. Dessa vez nós saímos das Minas Gerais e vamos de novo pro Sul, damos alô a Santa Catarina mas paramos no Rio Grande do Sul na cidade de Ijuí, dica de um leitor do blog.

Confira nosso histórico de viagens emocionantes pelo Brasil com o resumo de cada uma delas para você que perdeu um capítulo de nossas andanças:

Cidade Estado IDH População Notas mulheres (0 a 10) Vale a Pena?
Barrinhas SP 0,725 30.506 5 Não
Ipu CE 0,618 48.205 6 Talvez
Rio do Sul SC 0,802 64.198 8 Sim
Ipameri GO 0,758 24.745 4 Não
Itajubá MG 0,787 94.940 7,5 Sim

Ijuí significa rio das águas claras, é conhecida como capital da cultura e está entre as 10 cidades com mais qualidade de vida do estado. Tem 82.276 habitantes a colocando como 2º maior cidade de nossa série. Tem economia forte baseada em diversos setores. Pra quem não sabe, o capitão do Tetra, Dunga, é natural da cidade, Paulo Baier e também a Andressa Urach. É, aquela mesma. A cidade tem ótima vantagem por estar longe da capital Porto Alegre e muito longe de Florianópolis conferindo alto poder de barganha para um novo pobretão rico na cidade pois não há riscos de playboys de capital invadirem a cidade e comerem geral.

Localização de Ijuí

image

Ijuí parece ser cidade plana e ele está totalmente espalhada com alta densidade, movendo em todos os raios.  Também tem pouca área rural. Está mais perto da Argentina do que as 2 capitais mais próximas do sul.

image

Esta é a vista da cidade que legal como é arborizada não? Não tem tanto prédio como em Itajubá o negócio é construir suas casinhas, parece que disso que o gaúcho gosta.

image

Que legal, temos a praça da república aqui na direita bem pequena e bonitinha, temos a catedral da cidade e ainda um bar e lanchonete internacional para que eu possa tomar uns gorós legais me inteirando sobre as fofocas da cidade. Que maravilha!

image

Passeando pela praça da república ainda vi esta branquinha loirinha passeando… hmmm..

image

Do que vi da cidade, ela é muito parecida com Rio do Sul/SC principalmente no centro da cidade. Este é o centro deles. Porém diferem num ponto conforme foto abaixo.

image

Ao se afastar um pouco do centro as ruas ficam assim meio engraçadas neste asfalto que nunca vi e as casinhas são rústicas, simples, muitas de madeira, com carro na rua mesmo, tudo plano, arrumadinho um do lado do outro. Rio do Sul/SC já tinha casas de tijolo, maiores e de maior valor. Ainda sim você vê o cuidado das pessoas com suas casas, ao contrário de Barrinhas/SP, Ipu/CE e um pouco Ipameri/GO em que as casas são uma do lado da outra, desordenadamente e mal cuidadas. Isto é um pouco da característica do estados do sul que advêm de sua herança européia.

ijui16

Hmmm, começando a nossa avaliação do material “humano” da cidade..  mas que coisa mais linduxa essas 4. Loirinha pra dar e vender.. Festinha no estação da mata bombando e da esquerda pra direita uma loirinha nota 7 gostei do estilinho, adoro loiras, rosto agradável peitolas pequenas pontudas. Depois do lado a novinha graciosa, nota 7,5, belos cabelos reluzentes, peitinhos pequenos. Depois as amiguxas, uma com cabelo super loiro nas pontas com olho de peixe morto mas rosto agradável marcante, bonita sim, nota 7 e a amiga feia do grupo com sorriso um pouco pra dentro do nariz, cabelo preto sem graça comum que ninguém aguenta mais ver no dia a dia nota 5. Legal hein.

34098-700x400-1

Hmmm, que triozinho hein. Vemos aqui uma ruiva bonita para os que gostam de cabelinhos vermelhos lá embaixo cor de fogo, branquinha, bom rosto, no meio a loira com coxas no shortinho rasgando e a típica cara de colona na direita, mas simpática e que tem rosto clássico de esposa do interior italiana. Notas 7,5, 7, e 6,5. Eu tô gostando disso hein meu.

ijui5

Aqui temos a típica alemoa forte, note a cinta apertando bem as gordurinhas mas ela vai lhe dar filhos fortes pois elas tem quadris e % de gorduda para ser parideira e também dará um belo testão poderoso para sua prole. A do lado disfarça a loirice mas é morena genética, não curto. Do lado a de rosa uma bela espécime sulista, com rosto forte, marcante, cabelos longos, peitos pequenos, alta, sorriso bem feito, testão de égua. Essa aí por mais que haters não curtam, é daquelas que entra no recinto e faz maridos ficarem putos porque casaram com uma cabelo preto lixosa comum gordinha. E finalmente uma morena sem graça. Notas: 5, 5,5, 8 e 4,5. A primeira aumentaria caso tenha gente interessado em beleza clássica alemã.

ijui4

Hora de avaliar os casais para ver nossas chances e como o homem gaúcho se sai. Hmmm, se esses aí são realmente casais de namorados… o primeiro casal não pode ser real… gorducho baconzitos, semi-careca, baixinho, moreno não de praia não sabe se é branco ou pardo nota 3,5 pra 4 do lado de uma coxudinha alta, loira nota 7. Depois uma branquinha esbelta, traços finos, loira escura nota 7, do lado de um… bem ele tá melhor, daria uma nota 6 pra 7 pra ele. Boa altura, não é gordo, cor da pele de moreno quase de praia, cabelo curto. Finalmente uma super branquinha lindinha demais, alta, coxas grossas, típica alemoa forte disfarçada nota 7 pra até 8 com um.. quatro olhos de boné, gordo doritos, cara de beta provedor, mau vestido, rosto ovalado, sorriso de perdedor triste, estufando os peitos como uma arara.. nota 4,5. Sério que essas porras tem namoradas desse nível?

ijui14

Eu EXIJO que me digam que não são um casal. EXIJO. Japonês feioso misturado ou mestiço sei lá, baixinho, cabelo ruim, nariz feio, magrelo nota 4 com uma nota 7 loira, alta, bonitinha magra? Que é isso?

32825-700x400-1

E pra fechar… sólida nota 8,3 com nota 7,6… pelas barbas do profeta, que que é isso?

CONCLUSÂO

Ijuí está mais que aprovada. Bate de frente em mulheres com Rio do Sul/SC com a vantagem que os gaúchos da cidade são feios pra caralho, ainda sim não tão feios quanto os de Ipu/CE, Ipameri/GO e Itajubá/MG. A cidade é uma graça e agradável, boa qualidade de vida, não é economicamente morta (mais ainda sim abaixo de Rio do Sul) e é a cidade, de todas que vimos, mais protegido de agroboys e playboys.

Mais uma cidade aprovada junto com Rio do Sul/SC e Itajubá/MG. Não deixe de contribuir com o post e falar mais dicas pois é o que vocês me dizem que me permite ir atrás de novos lugares.

Forte abraço!

Nosso grupo no face

domingo, 27 de julho de 2014

Qual alternativa existe fora tentar a independência financeira?

1405642657648

Magrinha: pobretões aportadores. Gorda: Workaholics paulistas, fãs da Apple, consumistas, gastadores, mulheres, blogosfera de viagens, blogosfera de tecnologia, homens casados, divorciados, mães solteiras, universitários, velhotes, idosos

O pobretão way of life assim como a blogosfera de finanças em geral sofre ataques de várias outras blogosferas e outras pessoas de outras comunidades de vida. Sofremos ataques dos consumistas gastadores fãs da Apple, das mulheres, dos viciados em viagens e de homens casados com filhos. Dizem estes haters que somos retardados por buscar a independência financeira (IF), que não vivemos a vida e que ser milionário é idiotice assim como viver de renda pois preferem o prazer da gastança e que “ficar sem fazer nada é coisa de vagabundo”.

Mas o que essas pessoas oferecem como alternativa? Elas sabem? Ou são apenas pessoas com medo do possível sucesso dos outros? Pessoas que estão com medo de viverem suas vidinhas de contracheque em contracheque com inveja dos patrimônios crescentes dos soldados do milhão?

Porque eu trago este post? Uma coisa me inspirou a fazê-lo. Estava observando a quantidade de paspalhões de cabelo branco vindo pro trabalho na rua andando pra lá e pra cá. Observando no meu trabalho os cabelinhos brancos com preto. Com suas caras de velho, suas barriguinhas salientes, alguns carecas, sempre preocupados, com cara de cu ou ainda, os falantes chatos feiosos, falando merda com os coleguinhas.

Estes paspalhões já tem 38 a 50 anos pra cima. Casados com filhos, tem separado, tem divorciado. Possuem apartamento, tem carro e fazem uma viagem de férias por ano. O que penso quando os vejo? O que eles tem a ensinar a gente?

Eles tem a ensinar que a alternativa para uma vida que não seja a busca pela independência financeira, a solteirice masculina, o aporte, o investimento, é simplesmente a vida de um zumbi da iniciativa privada. Um zumbi que envelhece e vive a corrida dos ratos. Casou, teve filho, prestação do apartamento, carro, viagem parcelada pros EUA ou pro nordeste.

ana-paula-pituxita

Esta é a ex paquita pituxa. Veja o antes e depois. Tá vendo bem? Esse é o destino das esposas dos casadinhos idiotas. Você não solta gargalhadas mortais por dentro?

Mas o mais duro disso tudo é a realidade de que este cara em algum momento sofrerá divórcio (cada ano que passa do casamento as chances de divórcio ou de falta de sexo total e completa aumenta logariticamente). Tudo o que “lutou” pra conquistar se esvairá. Cada ano que ele sobe na hierarquia corporativa significa MAIS horas de trabalho e mais stress. E cada ano que ele passa estagnado no mesmo cargo e mais velho fica, mais chances de demissão com recolocação de trabalho com SALÁRIO MENOR ele tem. O que ele tem poupado e investido? Nada que gere fluxo de caixa. Nada que seja suficiente para sobreviver muitos meses ou no máximo um ano devido seus enormes custos fixos violentos.

A alternativa para o pobretão way of life para um jovem pobre beta feio (JPBF) que não seja a solteirice, o aporte, o investimento e o lazer bem dosado é o casamento, as dívidas, o divórcio, o stress e o trabalho eterno até 65 anos e olhe lá, pois o cara irá ultrapassar esta idade de aposentadoria para poder sustentar seus filhos e sua  esposinha balofa de peitos caídos (se ele ainda estiver com ela) e esta ficará “putinha” do cara “estar em casa fazendo nada”.

Outros poderão argumentar: “Ah mas a alternativa é viver a vida legal, gastando sua grana viajando para lugares legais, comendo bem, curtindo várias vadias e ainda aportando.” Bom, primeiro lugar a não ser que ganhe um salário muito alto que permita aporte + lazer hardcore você não conseguirá casar muito bem essa alternativa. Segundo que você ainda estará vivendo 1 férias anual e trabalhando 13 horas por dia “curtindo” a vida sexta à noite, sábado, e parte do domingo. Seu cansaço prejudicará sua segunda e se sair durante a semana prejudicará o desempenho laboral semanal sofrendo com sono, baixo desempenho, baixa concentração, problemas de pele, cabelo, olheiras e tetinhas de bacon devido a diminuição do metabolismo pelas horas de sono pouco dormidas ao “curtir hardcore”.

Mulherzinhas não entendem nós JPBF pois casam mais cedo e tem marido como rede de segurança e não precisam de IF pois o objetivo delas é cuspir 2 fedelhos e viver pra sempre na rede de segurança estatal do bolsa família se der tudo errado, da pensão do marido, da ajuda dos pais e de todo o aparato de creches, escolas públicas, SUS, programas governamentais de amamentação, igrejas etc que podem a ajudar a viver uma vida confortável, podendo sair pra balada e garantir sexo, afeto e conforto a hora que quiser.

1397693864161

Impacto e reação deste post na cara das mulheres consumistas workaholics modernetes

Consumistas workaholics paulistas argumentam que trabalhar é bom e que a vida é trabalho e que devemos mesmo aceitar isso e gastar com viagens, restaurantes, “starbucks”, “iphones” e “morar bem”. Esses safados vivem rindo de nós JPBF e adeptos do pobretão way of life porque tem medo do nosso patrimônio e se borram de medo de perder o emprego e verem sua qualidade de vida e custos fixos comerem seu cérebro de ansiedade.

Não há alternativa para não tentar o milhão. Mesmo que você não alcance-o, você terá grana pra curtir mais tarde e segurança para dizer não a trabalho insalubres. Ou é isso, ou é viver só nos sábados e trabalhar até os 65 anos pra cima. Ninguém consegue sugerir algo diferente. Apenas criticam e falam “pra curtir mais”. Mas estes nem sabem o que é “curtir mais”. O “curtir mais” é uma saída pra balada no sábado à noite. Ou ir no shopping comprar um eletrônico estúpido. Ou pior, é casar, ter filhos e “ser amado”. Coitado desses escravos casados e seu sexo lixo, esparso e cada vez mais sem graça por comerem a mesma chata submediana rodada todo dia.

Até que me ofereçam uma alternativa de vida melhor que aportar e buscar o milhão, os grunhidos e alaridos dos outros estilos de vida dos consumistas workaholics e vaginas ambulantes não me tirarão do curso da vitória.

Eu prefiro viver minha vida perseguindo a IF do que ser um casadinho de merda corno cuzão preso pra SEMPRE na corrida dos ratos. Olhe bem aquele mané de 45 anos preso pra sempre no trabalho e pense em como você pode chegar no estágio dele sem nada pra mostrar e se arrependendo do porque nos últimos 10, 12, 14 anos você não aportou e pense em como podia estar. Pense nisso.

Forte abraço!

Você já sabe do nosso grupo né no facebook né? Não deixe de participar. Proibido mulheres.

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Será que cachorro quente é o negócio ideal para mim?

Quem quiser ver a série toda, clique aqui para ver sobre minimercado e aqui para buteco e aqui para plano de negócios de puteiro parte 1 e parte 2

Muitos me falam porque eu não largo o emprego e viro um vendedor de dog com meu carrinho ou abro uma biboca de venda de sandubas ou um carro de pizza (como um membro do blog já contou a história). Bem, muitas vezes penso como fazer isso mesmo então parti pra ver se vale a pena mesmo.

Se eu fosse abrir um vendinha de cachorro quente ela poderia ser fixa num local correndo risco de pagar aluguel ou me foder com a prefeitura ou uma van ou carro de cachorro quente como tem esses famosos. Quanto será que iria fatura e gastar?

Primeiramente não vou pegar local fixo e sim vou ser móvel pra poder trabalhar em saídas de faculdade, shows, etc, etc. Por isso compraria uma Kia Towner, famoso carro usado para vender hot dogs. Uma pinturazinha com meu nome “Pobretão Hot Dogs Beta”. Depois vem os kits de cachorro quente para encaixar na Towner. Finalmente utensílio de “cozinha” e pra fechar o estoque inicial. Realmente é simples com pouco a se pensar de comprar.

Segue abaixo a lista:

Investimento Valor
Kia Towner (usada)         20.000
Material de Cachorro quente para Towner           3.000
Utensílios               500
Estoque Inicial               800
Total         24.300

O cachorro quente móvel corre riscos de se foder com concorrência de outras towners e de pequenas bibocas fixas (daquelas tipos trailer fixados) que ás vezes nem pagam aluguel e de não conseguir um local sem concorrência para conseguir tirar uma renda legal. Também uma receita especial que faça o cachorro quente se destacar dos outros é importante (menos pra cachorros de towner, mais pra pontos fixos). Para entendermos quanto devemos vender em teoria para termos break even point (ponto de equilíbrio) temos que ver o ticket médio dos cachorros quentes multiplicado pela quantidade e aí veremos qual o tamanho do desafio.

image

Note que chutei as quantidade e tem cachorros que vão mais coisas e nem coloquei as quantidades de ketchup, maionese e mostarda apesar de colocar o custo como estoque tanto no investimento quanto no demonstrativo de resultado então está considerado de alguma forma.

A quantidade escolhida é nada mais que ver uma quantidade razóavel de cachorros por dia. Se consideramos que 900 por mês equivale a 45 por dia, difícil dizer se é ousado mas é alto.

image

De acordo com minha análise daria pra tirar 2.317 por mês. Tem também as vendas de cerveja, refrigerante não consideradas. Mas eu me pergunto como alguns cachorros quentes em funcionários CLT’s trabalhando mesmo sendo pequenas e com movimento bombando mais finais de semana ou dias de jogo de futebol. Será que muitas delas são familiares apenas (sei de muitas que sim)?

É menos do que eu ganho hoje claramente.

Quando passamos a pensar em casos de bibocas de sandubas e cachorros quentes que se dão bem (até mesmo relatos aqui no blog mas não sei se era troll) e colocamos os gastos vemos que tudo depende do fator quantidade de sandubas vendidos. Isso porque os custos de produção do sanduba e hot dog não representam dificuldade quanto a conseguir fornecedores dos igredientes e ganha-se desconto por comprar no atacado (baldes de maionese, ketchup, milho, ervilha, carne, bacon, pão, queijo, presunto e ovo).

Estes produtos tem crescimento inflacionário da qual não são violentos. Maionese, Ketchup, milho e ervilha não tem perigo quanto a disparadas inflacionárias. Carne e bacon podem ter disparadas inflacionárias e são os itens mais caros porém no mercado de restaurantes e setor de alimentos de supermercado, as bibocas de sandubas e hotdogs tem vantagem porque este é o único custo relevante no igrediente enquanto outros lugares devido o mix muito grande de alimentos, custos fixos altos acabam tendo um custo maior unitário. Pão é eternamente barato, queijo também, ovo também e o queijo é um segundo item mais caro porém ele não dispara.

Portanto, tirando o fator custo que não é relevante e perigoso, sobre funcionários (pois custam caro), possível aluguel. Do ponto de vista intangível o segredo está na localização + receita saborosa e padronizada (sanduba sempre gostoso, ou seja, que não caia a qualidade ao longo do tempo, mantendo quantidades, receitas, ordem de produção e qualidade e cozimento da carne perfeitas).

Concluindo: Nâo é um negócio difícil e possui baixo risco inflacionário, de produtos e de estoques pelo baixo mix de igredientes comparado a outros setores de restaurante. Porém é dependente de uma boa receita e de localização (muito de localização pois ninguém sai de casa para muito longe para comer sandubas de bibocas). Mas os cálculos (muito por cima claro) não dá ânimo pois a quantidade de cachorro quente é muito alta e fiz cálculos sem aluguel o que me deixa desconfiado do quanto realmente se tira essa bibocas familiares ou de amigos de hot dogs e sandubas.

Não me chamou a atenção porém quero ouvir mais do membro do blog das pizzas cálculos mais decentes e reais.

E você pobretão do Brasil, o que achou e sua opinião?

Forte abraço!

domingo, 20 de julho de 2014

Porque viver no Brasil é tão ruim?

A copa do mundo escancarou o quanto nosso país é lixo ao mostrar o comportamento absurdo e humilhante da brasileira. Meu último post mostrou como as pessoas estão tristes com o país já que diversos relatos fodas de viagens incríveis, intercâmbios demonstrou uma coisa que sempre achei curioso e se confirma: Todo brasileiro que volta ao país após ficar fora sofre de depressões graves, arrependimentos e alguns não descansam até voltar pra fora do país.

Mas, vamos pensar de forma fria e racional: Nosso país é realmente TÃO RUIM assim. A vida é TÃO RUIM? Será que estamos reclamando porque só queremos despejar frustrações ou realmente o Brasil é um lixo que causa depressão, mata sonhos, faz vidas se tornarem pesadelos? A resposta é sim como você verá.

VIOLÊNCIA E SEGURANÇA

Você se sente seguro no Brasil? Muitos poderão dizer que nunca foram assaltados. Que nunca apanharam. A real é que o Brasil é um dos países mais violentos do mundo. Nós brasileiros somos ACOSTUMADOS com a violência e por isso ignoramos o risco que corremos todo dia. No momento que um brasileiro vai à uma balada está correndo graves riscos de vida que ele ignora pois se ele fosse se preocupar ele não viveria. Pitboys, playboys, gangues de marginais do morro e periferia, seguranças violentos despreparados, cretinos com porte ilegal, traficantes. Todos eles estão na balada e um passo em falso dando em cima da vadia errada e sua vida está em grave risco.

Arrastões, assassinatos por celular, privadas jogadas de estádios esmagando pessoas, sequestros, balas perdidas. O Brasil tem 50.000 assassinatos por ano. Por mais que seja quase tudo em estados lixos e cidades imbecis a real é que nós temos mais mortes que qualquer conflito armado no mundo. No Brasil você está a mercê da polícia militar e civil que pode dar em cima de sua mulher e você não pode fazer nada. Traficantes tem poder quase ilimitado sob qualquer homem de classe média que não pode fazer nada caso ele queira humilhá-lo publicamente. O homem brasileiro é um rato que precisa estar atento a todo mundo se alguém irá ameaçá-lo e aterrorizá-lo seja sua integridade física, seja a das mulheres de sua família. O homem brasileiro jovem pobre beta feio (JPBF) e o de classe média é um eterno fudido pronto a ser abatido a qualquer momento sem respeito, sem segurança. Somos o homem mais acuado, covarde e aterrorizado do mundo.

MERCADO DE TRABALHO

A real é que dói ver relatos de Canadá, Europa, Estados Unidos, Austrália. Qualquer emprego é respeitado. “Ser trabalhador e honesto” é premiado. Quem rala, quem é gentil, bom, correto, recebe prêmios do empregador, é elogiado, respeitado. Não só isso: Paga as contas, mora bem, se diverte e sua carga de trabalho é justa.

No Brasil ser trabalhador e honesto é coisa de otário. As mulheres brasileiras riem da cara de “honestos e trabalhadores”. Ou você é um cara com cargo bom e que ganha bem, não IMPORTE como consegue isso (roubando, puxando tapete, ilicitamente, explorando) ou elas cospem em você. No Brasil você ser um trabalhador de empregos de baixo calão é visto com nojo, desdém e ódio. Ser trabalhador e esforçado no Brasil, ao contrário do exterior NÃO COMPENSA. O colega jogará mais coisas pra você fazer, o empregador vai explorar mais ainda você esperando sempre este mesmo esforço e ritmo, não irá dar aumentos pra você, não irá promovê-lo e você ainda será tirado pra otário. No Brasil o esforço NÃO compensa.

1402662929143

Os empregos são ruins, pagam mal. Impostos incidem sobre o salário sem que se recebe nada de volta. Você tem uma contribuição que é uma aberração chamada FGTS que ROUBA das empresas para fazer poupança forçada que rende abaixo de QUALQUER rendimento no mercado MUNDIAL. No exterior as cargas de trabalho são justas e MENORES que no Brasil ao contrário do mito que fala que o brasileiro trabalha pouco e é malandro. Nossa carga de trabalho é bizarra, pesada, estafante. No país não se valoriza resultado e sim horas que ficou no trabalho. Isso sem falar que nossas cidades são lixos e demoramos eternidades em transporte.

TUDO É CARO

Pode-se dizer que a Europa, Japão, Coréia são caras (EUA, AUS e Canadá baratíssimos). Mas na Europa e CORJAP a vida é melhor, existe uma mínima contrapartida, as coisas funcionam. No Brasil TUDO é CARO E RUIM. Carros e eletrônicos são uma das maiores fontes de humilhações do brasileiro. São caríssimos, de baixa qualidade, sem garantias que prestam e não funcionam quando se precisa. Aluguel é caro. Bolha Imobiliária. Baladas caríssimas. No Brasil o brasileiro sofre com duas frentes, tudo culpa do governo: Nosso sistema tributário é o sistema mais estúpido, retardado e mongolóide que existe. É a cara do brasileiro. Esse sistema faz com que tenhamos impostos que correspondem de 30 a 90% dos valor dos produtos. Um ultraje, um disparate, uma coisa sem noção que o chimpanzé brasileiro, fã do PT, fã de socialismos, fã de impostos pois é “pro bem comum” nunca se insurge e reclama.

Isso faz com que nosso salário nunca renda porra nenhuma pois além de levarmos de 15 a 27,5% de IR na fonte no nosso salário, levamos mais 11% de INSS e ainda tem o FGTS que a empresa recolhe que poderia ser nosso no salário. Na outra frente é a inflação. Os fracassados keynesianistas, desenvolvimentistas, ou pra ser específico, esquerdistas merdalhões, amam inflação e não fazem nada contra ela pois “hurr durr o país tem que crescer então temos que aceitar um pouquinho de inflação”. A inflação é uma das maiores violências contra o pobre trabalhador jovem pois ele corróe todo nosso poder de compra, tudo aumenta toda hora, não dá pra planejar, não se tem estabilidade e basicamente a inflação promovida pelos esquermerdas é como se disessem pra você “cada mês que passa, não importa o quanto você trabalhe e se esforce você vai ficar mais e mais pobre”.

É um belo vai tomar no cu que o brasileiro sofre diariamente em qualquer compra que faz. O governo é o maior inimigo do pobretão, aquele que está lá pra lhe foder diariamente, acabar com sua vida e não deixar você ter nenhum bem material ou construir uma vida legal. Por isso que funças são tão odiados e um bando de fdps.

A MENTALIDADE IMUNDA DO BRASILEIRO

1404675995786

Fomos surpreendidos nesta copa pelos estrangeiros em vários sentidos. A empatia e carinho dos alemães. Japoneses limpando o estádio. Festas ordeiras dos europeus. Alguma merda aqui e acolá mas a sensação é de que como eles são legais e civilizados. O brasileiro é um dos povos mais odiados na europa e em partes do mundo. Somos chacota e odiados mais que russos nos fóruns de jogos internacionais ou jogos online pois somos estúpidos, mal educados, violentos, grosseiros, retardados, infantis. Entre em qualquer jogo e se disser que é brasileiro eles irão falar “hue hue BRBR gib me monies” ou “merda lá vem os BR, expulsa, expulsa”. Somos mal educados, desonestos, chatos e morosos. Apoiamos todo tipo de esquerdismos desde que nos beneficie. Somos extremamente violentos em grupo. Alguém apanhar, levar tapa na cara ou ser folgado no exterior é motivo de choque lá fora mas aqui alguém apanhar ou levar gritos não nos impressionamos. Observe meu blog antes de eu colocar moderação nos comentários.

A grande verdade é que o brasileiro não é o pior povo do mundo pois indianos, filipinos, chineses, alguns países africanos, bolivianos, américa central e mexicanos disputam com a gente este posto e eles tem muitos defeitos que conseguem superar os nossos mas de fato nós somos um dos piores tipos de gente que existe. É algo horrível de constatar mas todo brasileiro que não seja ufanista de merda sabe.

A MULHER BRASILEIRA

A mulher brasileira é sem dúvida alguma, principalmente após a comprovação FINAL necessária ocorrida na copa, uma das mais vadias que existem no planeta. Nossas mulheres são as que mais consomem, atrás das americanas, cosméticos e maquiagens. Não é surpresa isso pois é preciso esconder sua feiúra e as americanas serem primeira não é pelo mesmo motivo e sim porque eles são líderes em tudo que é consumo. Nossa mulher é feia de rosto e tirando quando jovens quando o corpo fica acima da média de outros povos, se deteriora rapidamente pois tudo cai virando bolas de celulite, barrigas de catupiry, lombadas sinistras. Tudo escondido por seus saltos enormes e coxas gigantes (em que elas só mostram a parte boa) e cintas que apertam tudo. Nossa mulher é interesseira, fácil, infiel. De fato a brasileira é a mulher mais fácil do mundo. Nem Filipinas e Tailandesas que são da Meca de putaria do mundo são tão fáceis pois lá elas são fáceis porque são prostitutas e vivem em condições de pobreza MAIOR que a nossa.

No Brasil elas são fáceis porque tem uma mentalidade nojenta de índias (mesmo as pseudo européias e estou falando de vocês vadias sulistas) que querem agradar qualquer gringo que aparece ou qualquer rico. Elas acham lindo serem abertas, conversadoras, fáceis e beijar de primeira um homem que conhecem na balada. São extremamente infiéis. A mulher brasileira ainda por cima é burra e desinteressante. Basicamente pra resumir: São burras, feias, fáceis com toda a escória de homens (traficantes, gringos drogados, alfas físicos lixosos, violentos, gerentes opressores, playboys filhinhos de papai, políticos corruptos, jogadores de futebol feios analfabetos).

CONCLUSÃO

O Brasil não é o pior país do mundo. Mas é um dos piores. Se olharmos para Gana, Eritréia, Congo, Síria, Palestina, África em geral, Bolívia, realmente somos melhores que aqueles buracos. Mas tirando estes infernos na terra que nem fazem parte da humanidade tamanho o pesadelo que são, o Brasil é sim um dos piores lugares do mundo. Basicamente vivemos uma merda de vida, numa latrina onde tudo dá errado, nada funciona, cercado de chimpanzés que estão prontos a lhe roubar, puxar o tapete, julgar e matar. Nosso dinheiro não rende dentro de nosso chiqueiro e muito menos fora.

É um castigo ter nascido aqui.

Um castigo de Deus.

Nosso grupo no face já tem 136 membros interagindo e trocando idéias. Mulheres não são permitidas. É só para jovens pobres betas feios e pobretões (VPR = Vida de pobretão e JPFB).

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Qual a melhor viagem internacional para um pobre fazer?

1356036925256

Ultimamente venho pensando muito sobre quando será minha primeira viagem internacional. Já estou ficando velho demais para nunca ter ido para fora e nunca ter comida uma estrangeira. Já comi uma puta estrangeira (era hermana) e já beijei uma americana mas ficou por aí.

Comigo se aproximando dos 200 mil reais e, para os retardados que insistem em não aceitar, meu preço médio na Eletropaulo se fosse igualado hoje, eu teria um patrimônio muito maior do que reportado e eu acompanho isto. Dessa forma, em breve, considerando meu patrimônio como deveria ser eu já estou ficando em uma situação relativamente confortável para que uma viagem internacional seja feita em um horizonte de 1 a 2,5 anos, dependendo do andamento dos aportes.

Um passatempo que começo a ter ultimamente é ver destinos internacionais para que eu posso ficar uns 13 a 20 dias viajando de forma emocionante. Fico um tempinho considerável lendo sobre lugares, mulheres, preços, épocas para viajar etc. É divertido sonhar. Dá esperança.

Eu divido a viagem boa pra um pobre fazer entre quatro decisões: Uma se você irá fazer turismo cultural; se vai fazer turismo sexual; se vai fazer turismo de aventura/relaxamento; e por fim o pior de todos que é o turismo de compras (modalidade mais utilizada por mulheres e casais onde o marido é corno). Você pode até misturar alguns deles obviamente.

No cultural você vai pra conhecer países, culturas e lugares icônicos, famosas, que tem história. São basicamente os países europeus e alguns do oriente. No sexual você vai para países de prostituição permitida, com mulheres exóticas ou que tenha lugares de mulheres fáceis. No de aventura você vai pra basicamente cruzeiros, praias e de visuais incríveis. E o de compras você vai para, que nem um mongolóide, fazer compras de bugigangas ridículas que estarão velhas em 6 meses.

Eu tenho em mente algumas coisas e gostaria de começar fazer turismo sexual e/ou de aventura/relaxamento. No sexual os lugares são Amsterdã, Alemanha, Filipinas, Las Vegas, Tailândia e Leste Europeu. Amsterdã é interessante pois a red light street é o famoso “shopping de putas” onde eu como pobretão experiente que sou em putaria, poderia colocar no currículo que fui lá e teria à disposição putas do mundo inteiro o que seria ótimo pois colocaria no currículo várias nacionalidades me transformando muito mais poderoso que qualquer playboy cuzão do Brasil que só pega brasileira de periferia lixo. Alemanha também tem puteiros onde tem muita vadia do leste europeu o que também traria ótimas fodas com belas loiras maravilhosas além que a Alemanha permite casar com o turismo cultural.

Las Vegas também pode ser um ótimo destino onde eu teria americanas tops à disposição e poderia zuar em cassinos de forma emocionante. Além do mais Las Vegas tem muita coisa pra se fazer como poder brincar de dirigir carrões, limousines, range de tiros, etc. Casa bem demais turismo de aventura com sexual. Filipinas, Tailândia é putaria no modo HARD pois lá tem as mecas da prostituição barata do mundo e pra quem gosta de uma marrom bom bom de olho puxado pode ser a experiência de uma vida. Finalmente Leste Europeu além do turismo cultural tem as mais belas loiras do mundo. Precisa falar mais?

Hmmm red light district em Amsterdã, olha a aquela panicat estrangeira que beleza..

Falando de turismo de aventura e relaxamento que tenho grande interesse, eu adoraria fazer um super cruzeiro pelas ilhas gregas, polinésia francesas ou américa central (Cancun, Trinidad Tobago, Barbados, etc). As praias e visuais destes lugares são coisas de outro mundo, com seus resorts espetaculares com “all inclusive”, ou seja, eu poderia tomar alcool à vontade que nem um beberrão alcoolotra que sou na praia todo dia sem limites. Isso é emocionante e fico até com o coração acelerado. Sei que pelo menos em Cancun tem como pegar putar e ir em baladinhas.

Turismo de compras é bem simples: Vá para os EUA em Miami, Orlando e Nova Iorque e comece a comprar que nem um chimpanzé brasileiro tablets, maquiagem, roupas de marca e merdas eletrônicas. Seja aquele mongolóide que fica com a esposinha do lado irritadinha e cansadinha passando pela revista da polícia federal no aeroporto com suas sacolas enormes de compras (que você pagou a maioria e em que a maioria das coisas é pra ela, filhos e parentes). Pronto! Você gastou uma nota e uma férias inteira (você só tem 35 férias em vida sabia paspalhão?) e agora subiu ao posto de “marido corninho submisso de esposa de merda”. Como se sente sabendo disso? Hein? HÃ? FILHA DA PUTA. Homens casados são o tipo de gente mais BURRA e SUBMISSA que existe, sem brincadeira.

Em relação ao que eu mais gostaria de fazer dentre tantas opções é poder fazer cada ano um misturando um pouco. Começaria com o sexual pra tirar a agonia do corpo, depois um de aventura e finalmente cultural, mesclando os dois primeiros com cultural dependendo de onde se está. Sabemos que Europa e EUA são destinos obrigatórios de quem viaja. Não tenho interesse na América Latrina. Se é pra ir pra merda de Buenos Aires ver uns tangos patéticos e tomar vinho tosco, eu vou ali na merda do Rio Grande de Sul na porcaria de Gramado mesmo. Se é pra ver frio vou pra serra catarinense e se é pra ver pobreza cultural (Machu Pichu é um lixo) eu vou pro nordeste pegar praia e índias misturebas.

Finalmente ainda temos as opções de mochilões pela europa que nada mais é que misturar turismo de aventura/cultural com sexual pois você tentará pegar gringas nos hostels com sua cara de cu e altura ridícula de brasileiro morto de fome que nem controlar suas próprias mulheres em casa na copa consegue e passeará de forma barata pelos lugares (basicamente Europa e América Latrina dá pra fazer mochilão) etc.

CONCLUSÃO: Afinal qual os melhores e piores lugares para um pobretão viajar?

1396325478711

Minha reação na cama ao pensar na quantidade de estrangeiras que eu vou comer

Creio que para um pobretão, a melhor experiência de viagem internacional é aquela que ele come mulheres estrangeiras para elevar a auto-estima e rebater playboys brasileiros retardados e casados submissos, misturado ou com turismo de aventura cultural onde ele verá os principais cartões postais mundiais ou com aventuras onde ele fará esportes radicais e verá paisagens lindas para que isso fique gravado em sua mente de que há uma vida de milhão esperando por ele se ele for forte.

Portanto, Las Vegas, Cancun, Amsterdã, Alemanha/Partes Europa e Leste Europeu estão como destinos bons para um pobre. Misturam putaria, aventuras, cultura, mulheres gostosas que irão agregar pra você em todos os sentidos que são memórias de visuais maravilhosos, enriquecimento mental, e sexo loucos com mulheres espetaculares que lhe deixarão mais imune aos nojos da mulher vadia brasileira.

Evite Miami, Portugal, Nova Iorque, Turquia, África do Sul, Japão, Coréia do Sul, Inglaterra, Argentina, Uruguai, Peru, Colômbia e Chile pois estas porcarias de lugares não tem nada a ver com um pobretão e não oferecem nada cultural que preste. Miami e Nova Iorque porque são lixos pra comprar, só casal de homem corno e mulher solteira vão. Turquia porque é um Brasil 2.0 e se você quer tomar acidente de balão. África do Sul porque é um Brasil 3.0 e que diabos você vai fazer lá? Sáfari?. Japão e Coréia são muito caros e só tem concreto lixo sem prostituição poderosa. Inglaterra tem um clima lixo, cheio de pubs estúpidos, só presta pra ir ver a emoção de um clássico da Premier League mas só vai pra isso?

E Argentina, Uruguai, Peru, Colômbia e Chile não vale a pena porque estes cretinos imundos de língua espanhola não tem nada a oferecer. Sua história é feia e chata, o idioma é uma merda, só oferecem frio, uma dança estúpida e vinhos retardados. Argentina e Uruguai é destino de casalzinho mongol romanticú, Peru, Colômbia e Chile destino de estudantezinho hippie de esquerda mochileiro mongol fedorento com cabelo de óleo e smegma no pau de dias sem tomar banho se achar o fodão porque viu a chata e feia Cordilheia dos Andes e Machu PiCÚ. Não gostou? Pau no seu cu, ninguém dá bola pra quem gasta grana nessas latrinas. Não há NADA que Argentina e Uruguai ofereçam que não se veja no sul tirando Tango nojento. Uruguai só presta pros outlets mas só gaúcho que vai lá, peça pra algum gaúcho (que anda com a auto estima baixa pela humilhação que suas mulheres impuseram na copa) trazer algo pra você.

É isso aí. Como os playboys se sentirão se eu falar que comi mais mulheres que eles e de diferentes nacionalidades enquanto ele tem uma namoradinha nota 7/10 chatinha do lado?

Forte abraço!

domingo, 13 de julho de 2014

A tristeza final de ser um pobre humilhado na copa do mundo do Brasil

1404864429647

Vamos às minhas opinões sobre a copa do mundo. Abaladíssimo em todos os sentidos. Mas vamos lá, vou tentar digitar aqui.

A DERROTA PRA ALEMANHA, A HUMILHAÇÃO DE UM POBRETÃO E O DESESPERO DE VIDA DO POVO (HOMEM) BRASILEIRO

Vamos deixar coisas bem claras aqui: Sou MUITO fã da seleção brasileiro de futebol. Amo os jogos do nosso país. Acompanho os jogadores convocados, vejo estratégia, tática e formações. Cada jogo do Brasil ia pro bar do  meu amigo, sentava no mesmo lugar (briguei eu e alguns camaradas por intrusos que queria nosso lugar), comia a mesma comida, vestia a mesma camisa, as mesmas brincadeiras. Lia todas as notícias. Sabia, sim, para meus amigos de direita, que a vitória do Hexa da seleção seria a reeleição da PIOR presidente da HISTÓRIA do país (desde os militares), que é a Dilma (guerrillheira). Mas meu coração de típico pobre de vida ruim humilde queria o título pois eu AMO futebol e AMO a seleção e NUNCA compartilhei o sentimento da ELITE intelectualóide do contra bipolar de ser contra nosso time

Dito isso, sofri duros abalos com o jogo da Alemanha x Brasil. Após o terceiro gol eu vi que já era. Mas ainda esperava honra. Mas a partir do 4º gol meu coração de pobretão sentiu o baque. Meus olhos encheram de lágrimas mas nunca chorei no bar do meu amigo e não seria agora. Segurei e botei a bandeira no meu rosto. Bati o pé no chão. Xinguei com meus brothers, me levantei, passei mal no banheiro todo sujo de merda e mijo.

Nunca vi tantos casais irritantes malditos no meu bar. Me deixava louco que em alguns deles o homem se irritava mas a mulher acalmava abraçando, segurando o rosto, a mão. Outros ainda ficavam de love tocando a mãozinha, o rostinho meio que não sentindo a goleada. Isso me deixava EXTREMAMENTE FURIOSO. MUITO MESMO. Como podem não sentir isto? Só porque tem uma vadia fingindo? QUE ODIO.

Não adiantou. Meu coração foi devastado pelo estupro alemão. Várias vezes lágrimas tentaram me vencer e meti a bandeira do Brasil no rosto disfarçando. Não sabia o que fazer. As copas que lembro são a partir de 1994 e foi exatamente a do título do Tetra com aquela seleção que já elogiei no blog que foi linda e maravilhosa. Em 1998 fomos humilhados na final por 3x0 mas tínhamos a desculpa da polêmica do Ronaldo e do derrame e nós fizemos uma bela campanha, eternizadas pela imagem de Zagallo (da qual sou super fã e vocês DEVEM respeito) incentivando do alto de sua velhice os jogadores para derrotar nos penaltys de forma linda a Holanda (Te amo Taraffel). Lembro de 2002 e um título que foi tão tranquilo que foi a copa que menos me estressei. Em 2006 a tristeza de perder pra França e em 2010 aquele jogo roubado contra Holanda. Mas essas derrotas doeram mas deu pra seguir a vida.

A REAÇÂO DE UM POBRETÃO NA DERROTA

1404670812346

Mas nunca na minha vida eu me senti tão estuprado e mal na minha vida exatamente como falei, por amar futebol e amar a seleção brasileira de futebol. Revoltadinhos, ateus, nerds, e guerreiros de internet odeiam futebol e o Brasil seleção. Eu fui criado como menino humilde zuado fudido, italiano branco de classe média baixa e futebol e ídolos do futebol são nossa maior alegria. E por isso que a MAIOR derrota do Brasil na HISTÓRIA me abalou tanto.

Cheguei em casa com uma sacola com várias cervejas. Corri pro quarto. Entrei em prantos. Lágrimas escorreram rapidamente pelo meu rosto. Coloquei (joguei) a cerveja no chão, peguei meu travesseiro pulando na cama e comecei a socá-los violentamente de forma ridícula. Lembrei da derrota recente do Lyoto Machida no sábado e comecei a socar na cama o travesseiro. Quem eu lembrava? Meu chefe. Este filha da puta havia me irritado tanto, mas tanto exatamente no dia do jogo com a Alemanha que eu lembrei dele e minhas lágrimas escorriam mais ainda pelo meu rosto feio que tive que pegar outro travesseiro pra cobrir os palacrões de ódio. Gritava, “vou te matar seu merda de chefe fdp”, e “me mata deus, me mata, porque me manter vivo, me mata”. Queria MUITO estar mentindo. Queria ser um personagem. Mas tudo o que falei aqui são fatos. Bebi até às 3:00 da manhã e no outro dia (graças a deus é feriado em SP) e aguardei o jogo de Holanda e Argentina pra torcer para que os laranjas vencessem os canalhas.

O PATÉTICO COMPORTAMENTO FEMININO NA COPA DO MUNDO E A CRÍTICA ÁS MULHERES

Uma das coisas que mais me irritou na copa foi essa mania das câmeras de colocar closes nas mulheres. A verdade é que essa copa foi a copa da torcida das VAGABUNDAS e QUALQUER um que discorde é mangina e será banido do blog. Digo isso porque as câmeras só queriam filmar vadias ridículas da torcidas que não estavam pra torcer. As mulheres vieram para a copa do mundo maquiadas como vadias, com fantasias e roupas com rostos pintados dispostas a se EXIBIREM como PUTAS para delírio dos homens ao redor do mundo.

É hilário você ver feministas e as mulheres atuais (que podem não falar que não são feministas mas são em atitudes) falarem de “não sou objeto” ou “sou um ser humano que pensa e trabalha e é importante” mas que vieram pra copa do mundo, um evento de FUTEBOL, o ESPORTE mais AMADO pelos HOMENS do mundo, se exibindo como putinhas que são para exatamente os homens do mundo inteiro a qual tanto odeiam e choram que as objetificam.

O que as putinhas faziam: Se exibiam pra câmera fazendo sorrisos mostrando sua maquiagem. Elas saíam de casa TOTALMENTE MAQUIADAS para um JOGO DE FUTEBOL. E aí ficavam com cara de cu o JOGO TODO. Não torciam, não curtiam , NADA. Elas ficavam com cara de BUNDA. Ah, mas quando câmera caía nelas DE REPENTE elas ficavam LOUCAS E SAÍAM a sorrir e ficar loucas na câmera como putinhas de puteiro, pulando, sorrindo, ficando loucas, simpáticas, sexys, fazendo caras e bocas. As vadias pagam ingressos caros não pra ver futebol e sim para se exibirem para a câmera para conseguirem alguns minutos (aliás, SEGUNDOS) de fama.

Esta putinha torcedra da Bélgica (The red revils daí o porque estar de diabinha) fez tanto sucesso na copa que a L’oreal ofereceu um contrato de modelo pra ela. Para delírio e sorte de nós pobretões uma foto dela no facebook ao lado de um animal africano morto (gazela) com um rifle (ela caça) vazou e a L’oreal cancelou rapidamente o contrato. Se fudeu vadia. Enfim o que fica claro é que a copa não é mais lugar de ver jogo e sim de puta caçarem exibicionismo para posarem em playboy, entrarem na TV, etc.

O mais humilhante é que se você é um torcedor como eu, sabe que futebol é composto de HOMENS em 95% do público. E quem é como eu que vai pro estádio direto sabe como é que o típico homem vai: chinelo, camisa, bermuda, cerveja de latão, já entrando bêbado no estádio porque você bebe fora antes de entrar, bandeira, com os AMIGOS HOMENS loucos. Mas na copa qual é o público que entra?  Mulheres hiper maquiadas, mal humoradas, putinhas com alguns betas do lado, normalmente um maridão de cor branca que ajudou ou pagou o ingresso. Elas ficam com cara de cu o jogo inteiro ou comentando merdas com o maridão branquelo perdedor cuzão e ficam falando entre si (putinhas entre si) observando ao redor se há câmeras ou alfas ou gringos. Quando a câmera passa por elas e elas aparecem no telão da copa, seja de QUALQUER nacionalidade, as putonas vadias (sim este é seu adjetivo) saem de seu estado de mau humor entendiante e começam a pular como putas e fazerem caras e bocas como se estivessem curtindo muito a copa. Sem falar os vááários closes em putonas mexendo em celular no meio do jogo, tirando selfies sorrindo para depois do selfie, instântaneamente voltaram a cara de cu nojenta e de olho no telão e câmeras.

As mulheres NÃO gostam e NÃO entendem de futebol. São putas que vão ao jogo para se exibirem pois está nos seus genes se exibirem para machos. Onde tem homem curtindo algo que não as envolve, elas se revoltam como putas prostitutas e se metem nos esportes masculinos para ganhar atenção masculina.

Ouçam mulheres: Vocês que “curtiram” a copa não passam de putas ridículas maquiadas para gringos curtirem no telão da copa. Vocês são iguais prostitutas e NÃO há ARGUMENTOS que as livrem disso.

A HUMILHAÇÃO DO HOMEM GAÚCHO E A PUTARIA DA MULHER BRASILEIRA\GAÚCHA

A vinda de  homens estrangeiro escancarou a real sobre a mulher brasileira. Lembro que antes da copa a Adidas lançou uma camisa “pejorativa” que mostrava que a mulher brasileira era “fácil”. Houve “revolta” por parte da imprensa imunda brasileira e do governo feminista petista brasileiro falando que era “um absurdo”. A camisa foi cancelada.

Com a vinda da copa e dos estrangeiros tivemos uma surpresa interessante: As vadias brasileiras se entregaram ao estrangeiro de forma muito mais fácil que era esperado e isso veio das mulheres de um estado que menos se esparava tanta facilidade: O Rio Grande do Sul. Em Fortaleza, Natal, Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo são estados que recebem, durante anos normais, o maior fluxo de turistas do país. A vida de turistas não surpreendeu tanto a população destes estados que estão acostumados às suas mulheres serem presas fáceis de turistas estrangeiros e estas sabem diferenciá-los.

Cidade Baixa festa estrangeiros (Foto: Guilherme Pontes/G1)

Imagem chocante mostra gaúchas aos montes beijanos australianos de forma fácil e extremamente concentradas. As ruas Lima e Silva e República viraram redutos de quase que prostituição não paga das gaúchinhas que se ofereciam aos estrangeiros para dar beijos de língua e muito sexo. Notem esta loirinnha aqui da esquerda, segurando firme o pescoço do australiano, mão com unhas vermelho forte na suas costas próximo a cintura, nariz vermelho da vasodilatação devido a excitação ao beijar um homem de fora. Esta putinha gaúcha irá casar, namorar com um retardado gaúcho mas NUNCA esquecerá os beijos e amassos (e sexo) que deu em um australiano, rindo por dentro de seu marido eternamente. É o fim da mística do homem gaúcho e o fim da mística da mulher gaúcha conservadora.

Mas as gaúchas nunca viram tantos australianos e estrangeiros (holandeses) nas suas vidas. A vinda destes turistas causou um CAOS em Porto Alegre na qual as mulheres gaúchas (sonho de consumo de todo brasileiro e orgulho de todo homem gaúcho por serem loiras lindas e magras) se ENTREGAVAM de forma ABSURDAMENTE FÁCIL para cima de QUALQUER holandês e australiano que aparecesse. O absurdo e humilhação chegou a tal ponto que as gaúchas a) se ofereciam DESESPERADAMENTE para QUALQUER estrangeiro que aparecesse pedindo beijos b) foram vistas aos milhares saindo de hóteis de manhã após foderem estrangeiros c) perguntavam aos gaúchos se eram brasileiros para rapidamente negarem que ficariam com eles ao descobrirem sua nacionalidade e d) a humilhação foi tanta que alunas abaixo de 16 anos de colégios particulares e públicos matavam aulas para irem à cidade baixa à caça de estrangeiros e e) houve reportagem no principal jornal do estado em que as mulheres DESTRUÍAM os homens gaúchos os chamando de machistas, perdedores, fracos, ciumentos e nerds que não chegam em ninguém e que mereciam toda rejeição JAMAIS vistas no país.

O que aconteceu foi a derrocada definitiva do homem gaúcho e, em partes, do homem sulista, que foi totalmente humilhado por suas mulheres como jamais foi feito e de forma que supreendeu o país devido sua história (bonito) de resistência ao poder central. O homem sulista foi tirado pra palhaço corno pro resto do Brasil e, pior, mostrou que qualque brasileiro é merda pras brasileiras não importe de onde seja. A elite genética e física do páis que vem do sul foi estuprada por holandeses e australianos drogados, hooligans e perdedores de forma nunca antes vista.

O homem brasileiro, parafraseando um leitor do blog, paga pau, se humilha e diz que “a brasileira é mais linda, maravilhosa e gostosa” do mundo como um legítimo corno manso palhaço chimpanzé. A real é que a mulher brasileira COMPROVOU que á  maior VAGABUNDA fácil PROSTITUTA do MUNDO em que relatos estrangeiros de risos, histórias sexuais e anedotas mostra que a chimpanzé bonobo vadia brasileira é um caso ÚNICO no mundo. Poucos brasileiros conseguiram algo com gringas lindas mas estrangeiros estão RINDO á toa com as bonobas brasileiros. Eu pessoalmente NÃO PEGUEI UM GRINGA E uma brasileira na copa mas os relatos de que as brasileiras são vadias que simplesmente saem beijando qualquer retardado que falem um sotaque diferente se multiplicaram no país. E é essa chimpanzé que um monte de gaúcho retardado vai casar. Lindo não?

ESTÁDIOS DA COPA E A TAL SUPERIORIDADE DA TORCIDA ARGENTINA

A torcida brasileira nunca foi especial. De fato as torcidas de clubes brasileiros sempre perderam para clubes argentinos que de fato, são a torcida mais criativa e louca do mundo. As razões para que nossa torcida sejam tão lixos são:

Outros que foram humilhados foram os mineiros que tomaram garrafadas nas fuças de argentinos que saíram com os rabos entre as pernas e viram sua amada Savassi ser detonada. Pior ainda foi a putaria que rolava onde alfas pegavam geral e o mineiro beta ficava chupando dedo.

Nossa torcida não é jovem como a Argentina. Nos estádios brasileiros você vê um monte de casal retardados ridículos com suas putinhas de merda exibidas de botinhas fedorentas de cowboys, chinelos havaianqs com seus pés horríveis ou as prostitutas de torcidas organizadas. Na Argentina, quem vai pra estádio é homem, jovem, adolescente, louco, doido que se embebeda de vinho barato. PUTA DIFERENÇA.

Ingresso lá é mais barato. O idioma espanhol permite gritos fáceis e legais enquanto o português dependemos de músicas patéticas de uma bando de 5 retardados fudidos que tiveram a proeza de morrerem em um jatinho de bosta na serra da cantareira (estou falando dos sem graça perdedores dos Mabostas assassinas). Fora o uso da música “mina’' para uso de canto, a torcida brasileira é sem criatividade que envergonham totalmente o país. O Brasil é o país que MAIS vão casais e mulheres ao estádio. Argentina, Rússia, Inglaterra quem vai é homem jovem doidão, loucão, pobretão. O homem brasileiro é um corno manso submisso de suas vadias ridículas.

A DERROTA DA SELEÇÃO ME DEIXOU SEM RAZÃO DE VIVER

Após chorar descontroladamente em casa no meu quarto, comecei a dar golpes no travesseiro imaginando que era meu chefe. Um dos golpes de cotovelo que imitei Jon Jones acabou rebatendo no meu rosto de forma forte e fiquei abalado pela pancada. Pensei “é isso que me resta pro resto da vida?. Vi que minha vida é um lixo e que futebol uma das únicas alegrias que me resta. Lembrei que na copa, eu estava passando por uma boa fase no meu trabalho pois eu ficava pensando nos jogos do Brasil e que ao chegar em casa tinha jogão de bola me esperando e claro, ficava tentando dar umas olhadas nos jogos mandando meu chefe pra pqp.

Agora que sofremos esta derrota inédita mundial veio toda esta válvula de escape à tona e me vi sem NENHUM sentido de vida. E não há o que falar e fazer. A seleção brasileira me humilhou e mostrou que sou um merdão sem vida nenhuma e que se eu pudesse, eu escolheia a morte pois viver uma vida de trabalhar 50 anos pra se aposentar aos 70 não é vida, é o mesmo que ir pro inferno e ficar com um tridente de Satã na próstata.

***

Há tanto o que falar mas estou cansado. Eu me sinto um lixo. As mulheres roubaram a copa, as câmeras só mostravam vadias maquiadas folgadas interesseiras rodadas lixos. A seleção tomou a maior humilhação da história do planeta. Eu fui esfregado ao ver casais curtindo e nem aí pro resultado pois tem um ao outro. A minha vida veio á tona e meu chefe vai continuar me humilhando, me irritando e me destruindo por TODA a minha VIDA.

Esta copa escancarou que minha vida é insustentável e que se eu pudesse e tivesse coragem, eu me mataria de forma indolor e rápida e se alguém fizesse isso por mim, eu aceitaria imediatamente.

Hoje é dia de Argentina e Alemanha. Que os alemães deêm algum tipo de alento pra gente.

Adeus.

Entre na porra do nosso grupo no facebook de pobretões e jovens pobres betas feios (VRP – JPBF)